Fechaduras automotivas: mecânicas, elétricas e trava elétrica

Home / Tecnologia / Fechaduras automotivas: mecânicas, elétricas e trava elétrica

Fechaduras automotivas: mecânicas, elétricas e trava elétrica

Fechaduras automotivas: mecânicas, elétricas e trava elétrica

Quando se fala em fechadura automotiva, é difícil entender do que estamos falando. Muitos confundem fechadura com maçaneta, com miolo da chave ou com a trava elétrica. Por ser uma peça escondida, que só se enxerga a parte de fora, é difícil ver o mecanismo num todo.

Assim, quando elas dão problema, é preciso desmontar todo acabamento da porta para identificar a peça específica. Profissionais de elétrica lidam com casos assim todos os dias e já tem conhecimento e facilidade para identificar. Por isso na AutoNext, tentamos facilitar esse processo para quem não é profissional, identificamos fechaduras, travas e trancas pelo ano/modelo do carro, e código da peça. Assim fica muito mais fácil de encontrar a peça que você precisa.

Aqui estão todas fechaduras disponíveis na AutoNext.

Fechaduras automotivas mecânicas

As fechaduras mecânicas foram as primeiras que surgiram, quando era preciso fazer tudo manualmente. Isso inclui colocar a chave, destrancar, abrir, entrar e baixar o pino para trancar. Antes do controle remoto com travas elétricas era assim que se fazia.

Mesmo sem a tecnologia elétrica, fechaduras assim também dão problemas, e esses mistérios são muito simples de decifrar. Primeiramente, fechaduras mecânicas recebem atrito para abrir, fechar e trancar. Sem lubrificação, as peças acabam forçando umas às outras, o que diminui a fluidez do movimento.

Problemas comuns em fechaduras mecânicas:

  • porta muito dura para abrir
  • porta muito dura para fechar
  • pino de tranca quebrado ou solto
  • dificuldade de abertura por dentro

Manutenção de fechaduras mecânicas

Isso pode ser facilmente corrigido e evitado. Lubrificação constante dos componentes e alinhamento das partes metálicas podem deixar o movimento inteiro mais encaixado. A limpeza completa de uma fechadura mecânica é feita removendo a peça e dando um banho com desengripante ou querosene. A ação química de ambos tira toda ferrugem e oleosidades do interior do mecanismo.

Com tudo limpo, é só passar graxa ou vaselina novamente para que os componentes se movimentem com facilidade. Mas atenção: caso algum problema grave persista, é indicado trocar toda a fechadura.

Já criamos diversos materiais sobre manutenção. O que revisar pós viagem, entre outros, ajudam a precaver desgastes ou falhas prematuras.

Fechaduras automotivas elétricas

Os primeiros modelos de fechaduras com travas elétricas surgiram ainda em 1914, nos modelos Scripps-Booth. O artigo era considerado de alto luxo, tanto que só se tornou popular nos anos 50, quando chegaram os carros “rabo de peixe”. De lá para cá, as travas avançaram e foram incorporadas às fechaduras.

Uma fechadura elétrica é a junção da fechadura mecânica com trava elétrica. Isso torna tudo mais fácil, com a funcionalidade das duas partes, mas também com os poréns. Como aqui queremos falar sobre as possíveis falhas, estas estão entre as principais.

Problemas comuns em fechaduras elétricas:

  • Muita poeira nos elementos da fechaduras
  • Uma ou mais portas não abrem
  • Uma ou mais portas não trancam
  • Motor sem força para travar
  • Portas sem comunicação com a central
  • Dificuldade para abrir ou fechar de forma manual

Leia aqui sobre desengripantes como o WD-40 e suas múltiplas aplicações.

Segurança e praticidade com AutoNext!

Nosso site oferece uma solução segura e rápida a fim de encontrar a fechadura certa para seu carro. Compre e tenha benefícios como:

  • Atendimento via fone e Whatsapp
  • Diversas categorias para atender suas necessidades
  • Produtos originais de marcas referência no mercado
  • Compra segura e transparente com informações completas
  • Frete Grátis para Sul e Sudeste
  • 5% de desconto no boleto ou PIX

Ficou interessado? Confira nosso site.